Blog Dois Pernods

Os Jiripancós

Atualizado: 9 de Mar de 2019


Ai a emoção... Ai o coração!


Uma breve participação na novela Rock Story (Tv Globo) me trouxe um mundo de emoção. Sim, uma simples participação. Imediatamente, em todas as minhas redes sociais um mundo de amor apareceu. Centenas e centenas de pessoas me adicionando e falando sobre pequeno trabalho que fiz. Obvio que achei o texto genial - de cara, deu pra sacar o quanto a Maria Helena Nascimento (autora da Novela) é uma genial... - E óbvio que fiquei feliz com o convite para fazer o Carlos Barbosa. Mas eu simplesmente não esperava uma onda de amor tão grande, da minha terra e de todos os lugares do Brasil.

De tudo, achei lindo o carinho e o amor de todas as pessoas... Mas sempre mantenho meus pezinhos fincados no chão. Isso foi só uma participação. A consciência das coisas em mim é uma constante... Não abro mão. Sempre fui assim e assim serei até o final dos meus dias nesse mundo. A eloquência das coisas que realmente importam na vida, sempre falou mais alto em meu coração e nos meus pensamentos. Ela sempre me tomou nessas ocasiões e me concedeu um equilíbrio sólido entre a razão e a emoção. Contudo, não contive a segunda quando soube de um fato:

De posse de toda a consciência do meu ofício, meu coração não aguentou quando um antigo professor de escola me contou que, em minha terra - que é sertão - quando souberam da participação de um filha da região, os índios de uma tribo indígena que lá existe - os Jiripancós - se reuniram para assistir a novela por causa de sua pequena participação. Daí, ele me mandou algumas fotos da tribo e... Claro, derramei metade do Rio São Francisco dos olhos até o chão. Meu Deus, quanta emoção!


A onda de amor e carinho continua tão grande e tão forte que eu me sinto, deveras, muito agradecido a Deus pelo privilégio de ter um ofício que trata da humanidade e que mexe com as emoções de um povo, esteja ele onde estiver. Entendo esse ofício com a muito equilíbrio, serenidade e com muita sobriedade: Um ator é só um servidor de humanidade, nada mais que isso. O glamour não existe. É uma coisa inventada. A realidade de "parir uma vida" é sempre muito dura. Em detrimento disso, ele é um enfeite, algo "postiço" que se retira com a mesma facilidade que se coloca. O que a arte quer de um ator é outra coisa... É servir à vida dos outros a vida da gente com a honestidade e a complexidade do ser humano que vivemos em momento presente. É ser e estar a todo tempo, sendo outro de você mesmo. É viver uma verdade, mesmo que essa não seja sua . Ato de entrega total e absoluta de uma vida em benefício de outra.

Está sendo um privilégio dar vida ao Carlos Barbosa e ver todo esse carinho e essa torcida de tanta gente, uma gente que também está vibrando para que eu alcance tudo aquilo realmente desejo alcançar profissionalmente... Ai, meu povo! Nada no mundo paga um carinho desses... E nada... Nada do que aconteceu nessa história foi tão emocionante quanto isso. Carinho de amigos e de pessoas que eu sequer conhecia... Obvio que eu me senti na obrigação de retribuir ao máximo. E, de alguma forma, o fiz... Ou estou fazendo...

Tudo foi muito bacana... Inenarrável até aqui... Mas, de fato, a história desses índios se reunirem para ver uma novela só porque eu estava lá... Uhhh... Isso me emocionou demais! Lógico que enviei um pequeno audio para que meu professor coloque para eles ouvirem, quando possível. Não há como receber um carinho desses e não retribuir de alguma forma. Na verdade, eu queria fazer mais... Queria ir até a tribo dos Jiripancós e dar um abraço em cada um deles... Mas já que não tenho como fazer isso agora, foi todo o meu amor via recurso tecnológico. Não substitui o contato presencial, eu sei... Mas vale por agora. Uma hora eu apareço por lá e faço uma visita aos filhos da minha terra.


Carlos Barbosa vai passar, eu sei... Outras coisas virão. Mas essa emoção... Vai ficar comigo para o resto da vida!

A gratidão em meu coração por cada coisa que me acontece é indescritível. E não importa o que seja... Sou sempre muito grato e estou sempre aprendendo a amar e a ser amado nessa vida.

Que Deus os abençoe sempre!

#Jiripancós #PalmeiradosIndios #Alagoas #Brasil #ServirHumanidade #CarlosBarbosa #OficioAtor

#Tempo #Vida #Amor #RockStory #TvGlobo

0 visualização

© 2013 by Oscar Calixto

contato@oscarcalixto.com Rio de Janeiro BR

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube