Blog Dois Pernods

(Re)invenção

Atualizado: 28 de Ago de 2019



(Kandinsky - Small Dream in Red)

A vida terá sempre as assertivas que eu não disse.

E são dela todas, ou cada uma, que deixei de falar.

Será sempre capaz de decidir, de te levar ao êxito ou à tolice, sem sequer titubear.

Apenas ela é detentora do verdadeiro dom de criar e recriar.

Por isso, passo por ela com o mais profundo respeito

E aceito todo e qualquer caminho que quiser me dar.

Não quero ser nunca, da vida, um leigo.

Pois sei que o ponto final de toda história é ela quem dá.

Não me ocupo em definir as coisas, em achar seus conceitos e preceitos,

Posto que a única coisa que vale a pena mesmo

É a nossa capacidade de vivenciar, de experimentar, de tentar e realizar...

Já que tudo que é hoje, não foi ontem, nem amanhã será.

Já que o que foi definido um dia, também passou pelo mesmo lugar.

Ponho-me na vida como um curioso,

Pois só assim é que estarei plenamente aberto a entender,

Descobrir, aprender e apreciar.

Ponho-me na vida como um louco,

Posto que só assim serei capaz de ser genuinamente original,

E quem sabe até de me reinventar.

Todos os direitos reservados - © Oscar Calixto – 2013

#Poems #Poemas

0 visualização

© 2013 by Oscar Calixto

contato@oscarcalixto.com Rio de Janeiro BR

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube