Blog Dois Pernods

A arte de fixar imagens



Não é nada fácil. Nunca é. Mas é adorável. O cinema é um caso de amor. Uma paixão arrebatadora que sempre encantou meus olhos e o coração. Mas não é fácil, é difícil, complicado, principalmente nesse momento do nosso país.

Para superar a barreira financeira de se "fazer um filme", sempre apostei e acreditei em coisas simples, mas que desse a oportunidade de todos mostrarem seus trabalhos com muita criatividade e dignidade.

Dessa ideia, um dia, saiu um "Adorável Tormento". Tentei realizá-lo algumas vezes, mas não era o momento, não eram as pessoas, não era o "jeito" certo e não eram um monte de coisas mais.

Cinema não se faz sozinho, muito menos com pouco trabalho. Ouso dizer que a própria arte não se faz desse modo - nunca. Você precisa de outros e de muito empenho, muito amor e muito suor derramado. O difícil é encontrar outros que dediquem seu tempo tanto quanto você sabe que tem que ser dedicado ao fazer artístico. E não porque você "crê que tem que ser assim", mas porque a própria arte pede isso, dando o nome de "vocacionados" aos que se doam com tamanho empenho, tamanha dedicação e tamanho cuidado.

Eu acho que estamos começando a encontrar um caminho, a ter um encontro, talvez... Lá no fundo do meu coração eu sinto isso de modo muito... Mas muito grato e no silêncio de um afago Divino. Agradeço muito a cada um dessa equipe que comprou essa ideia que era só um papel escrito... E nada mais que isso. Ideia em formato de um filme meio "ousado" e muito pouco "comportado" em padrões estéticos, de linguagem e em padrões estilísticos. Tenho que começar os agradecimentos pelos queridos amigos Rilson Baco, Pedro Iorio, Carol Gomes e a minha fiel companheira de vida e de arte Adriana Bandeira. Nasceu, entre nós cinco, a semente de uma coisa que hoje é um filme rodado e esperando para ser editado.

Ademais, a arte é um sopro e só sabemos o que será quando tocar a face do outro.

Espero que seja belo e que, minimamente, algo seja levado... Por hora, só sei que é bom pra caramba, e que nunca é fácil.

Love you all...

O.C.

#DiáriodeProdução

0 visualização

© 2013 by Oscar Calixto

contato@oscarcalixto.com Rio de Janeiro BR

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube