Blog Dois Pernods

Luzes da cidade

Atualizado: Jul 14


Não sei...

Se há mais abismos que seguranças no mundo.

Mas sei que há um mundo belo.


E que nada na vida explana mais sua beleza,

sua sensibilidade e delicadeza

que compreendê-lo.

Para compreendê-lo basta sê-lo

ou ter o mundo inteiro dentro de si.


E ter o mundo em si não é coisa tão grande assim,

Basta entender e amar a diversidade de tudo que vive,

E reconhecer o queremos da vida:


Se queremos amor,

Amor damos...

Se queremos ódio,

Ódio insuflamos,

O apoiamos,

Cultivamos,

Damos nosso aval.


Pena que, neste mundo de ódio e de todo esse mau,

não haverá nada que nos encante os olhos,

sequer qualquer beleza natural.


O mundo é o que gente promove.

E será sempre o que a gente fizer dele.

Nós somos parte desse mundo.

Sejamos então

Todas as luzes da cidade:

A fala repleta de paz;

A mão que se estende;

O abraço que envolve ;

A respiração que comove;

A presença mais completa e eloquente;

O amor que invade outros olhos pelos olhos da gente.


Sendo isso, seremos parte de um mundo melhor.

Faremos dele um lugar mais belo,

Um lugar onde o que reina é só o amor e a harmonia.

Um lugar onde se possa viver em paz,

enquanto o mundo dure

o tempo que deve durar.


110 visualizações12 comentários