top of page

Blog Dois Pernods

Outra Vez



Não há, no mundo, quem me conheça melhor Que o silêncio!

E se pretendes mesmo descobrir quem sou, Pergunte ao mudo; Apague a luz; E não me olhes.

Não julgues o que sou pelo faço ou pelo que vês. Pois muito do que fui ontem, já não sou; E serei quase nada de mim amanhã Outra vez.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo