top of page

Poesia em Tempo

Público·10 membros

PENSAMENTO


Sou livre, independente, vou a qualquer lugar,

Não reconheço fronteiras, barreiras, nada que me limite,

De tão leve, livre, solto, posso até voar,

Posso entrar em qualquer espaço e o tempo para mim não existe.


Alguns falam que podem ficar longe de mim...

Mas acho impossível, improvável, pois, me faço sempre presente,

Sou poderoso e forte e posso ser tanto bom; quanto ruim,

Importante é que a todos acompanho, inclusive ao reticente.


Boêmio, vagueio em todos os espaços, em lugares inimagináveis...

Vou da terra ao céu, de um país a outro, numa piscada de olhar,

A existência humana foi através de mim questionada, nas palavras de Descartes,

Muitos já quiseram, mas não conseguiram me decifrar!


Já tentaram me barrar, cortar minhas asas, me aniquilar,

Doença, enfermidade, inconsciência, loucura, droga...

Mas nada pôde me deter (apenas refrear)nem prisão, correntes, jaulas...

Por mais vadio, malicioso, negativo, nefasto, ninguém poderá aprisionar.


Ligeiro e destemido, voo alto, na alegria ou na dor,

Às vezes sou inconveniente, malicioso, ingênuo, forte..

Sou inerente ao ser humano, independente de classe, credo, cor...

Sendo que só poderei me calar com a morte!




Oscar Calixto

Informações

✍ Poesia em tempo é um grupo destinado a quem gosta de escre...

membros

Grupos

Home
Botão Home
bottom of page