top of page

Poesia em Tempo

Público·10 membros

SOBRE TRISTEZA


Hoje amanheceu diferente....

Sombrio, encoberto, cinza, nublado!

Não havia sol, luz, calor, aconchego...

O dia estava triste, triste, pois mais uma flor morreu no jardim...


Seus sonhos desfeitos, seus planos, sua vida ceifada!

Foi tão cedo, não era sua hora...

Seu assassino continua a solta , cometendo outros crimes e atende pelo nome de: ignorância, descaso, intolerância, fake, irresponsabilidade....


Queria abraçar, acolher sua família, seus amigos, você...

Mas até isso, nos tiraram o direito!

Sentimos nossa dor calados, sozinhos, sem afeto, sem agrado, sem despedida,

Ao contrário do amor; ficou o des-amor, o des- alento, o des-espero...


Você foi mais uma das quase quinhentas mil flores, que não mais existem no nosso jardim...

O sol saiu, mas não teve brilho, ficou frio, fraco...

E o dia passou vazio, triste, desconexo, sem vontade!

Meu ser amargurado, dolorido, pesado, dilacerado.


Mas a vida continua, e a lembrança boa fica na nossa mente, no nosso coração, na nossa alma...

Sigamos em frete, mas, inconformados, indignados, na luta, na resistência, pois, esse é o nosso combustível, nossa vacina!

E a cura em breve virá, para que realmente, enfim, possamos novamente viver!!



Oscar Calixto

Informações

✍ Poesia em tempo é um grupo destinado a quem gosta de escre...

membros

Grupos

Home
Botão Home
bottom of page